Tchau!

segunda-feira, 21 de junho de 2010 às 08:39
E você que só me fazia mal, não está mais em minha vida. De repente eu tenho tempo para mim mesmo, sem ter que cuidar dos seu problemas. E agora eu estou em paz. Esse sentimento é libertador. É acordar num novo dia e saber que não te devo mais satisfações.

Olhando pra trás, não me arrependo daquilo pelo que passamos juntos. Tudo isso me fez mais forte, mais inteligente. Agora segue tua vida que eu vou seguir a minha. E vai em paz. Te desejo o melhor, de verdade. Talvez você me odeie, querido, mas eu não. Para mim, você não fede nem cheira. Prefiro fingir que você nunca existiu na minha vida.

Eu vou agora ser feliz. Vou correr atrás do que me faz bem. Afinal, já perdi tempo demais, empatado no mesmo lugar contigo. Pelo menos não andamos de ré. Apenas ficamos parados. E agora é a minha hora de ir adiante, te abandonando, enquanto você continua parado o mesmo lugar.

E isso vale para você, e você, e você, e todos vocês. Portanto, adeus. Já chegou a minha hora, meu trêm está partindo, minha carona está saindo e eu vou junto para o futuro que me aguarda e que eu sei que vai ser melhor do que... isso. Isso que você tem a me oferecer.

Acho que não me resta mais nada a dizer e, francamente, estou bem cansado de te ouvir também. Então agora... tchau.

1 Responses to Tchau!

  1. É isso aew, manda passear, pastar, antes só do que mal acompanhado...