Ambiguidade

domingo, 18 de julho de 2010 às 18:00
Nunca fui muito fã de super-heróis. Talvez porque eles sempre são muito certinhos, caretas, só querem o bem e são incapazes de machucar uma formiga (embora desçam o cacete nos super-vilões, as vezes). Um super-herói quase sempre tem um disfarce ridiculo, com cores que chamam a atenção. Ele normalmente morre de amores por uma garota igualmente sem sal, sem graça e sem bom senso.

Ao mesmo tempo, nunca gostei dos super-vilões. Acho eles muito egocentricos e narcisistas. São metidos, tem complexo de superioridade, não tem compaixão e odeiam a tudo e a todos. Aliás, por que eles sempre querem dominar o mundo? Qual é a deles? O mundo é muitto grande pra você comandar. Por favor, domine um país, um estado. UMA CIDADE!! O simplesmente tente ser um prefeito.

Mas o maior motivo para eu não gostar de nenhum desses dois tipos de personagem é o fato de eles serem extremamente irreais. Eles não existem no dia a dia. E não falo dos superpoderes, mas sim da personalidade. NINGUÉM é bom ou mau a todo o momento. Somos seres humanos, maliciosos, maquiavélicos, interesseiros e ambivalentes. Mudamos de atitude e de opinião como nos convém. E não há nada de errado nisso. Ninguém nos condena. As vezes, é necessário ser maldoso para sobreviver. Um cordeiro no meio de lobos não vai muito longe.

E as vezes é bom ser bom. A bondade gera bondade. Um favor por outro favor. E assim vamos caminhando. Nem bons, nem maus. Nem batman, nem coringa. Somos o meio termo do caráter. Somos humanos.

2 comentários

  1. E eu que sempre me achei estranho por não querer ser nenhum super-herói...

    Meus amigos sempre tinham algum deles como ídolo, desejavam e idolatravam algum super-herói.

    No começo eu era indiferente quanto a esse comportamento, depois passei a achar isso uma grande perda de tempo, babaquice mesmo.

    Nunca tive um ídolo, seja ele super-herói ou astro do rock, nunca colecionei álbuns de figurinhas de futebol ou colei pôsters na parede do meu quarto.

    Eu sou estranho...

  2. EEEI, tô conseguindo comentar no outro blog não pô. Colé??? Ageita isso aê poxa... Abraço